Polícia Militar do Estado do Espírito Santo

Principal  | Intranet | Webmail | Restrito
Vitória-ES, quinta-feira, 14 de dezembro de 2017.
Notícias

PM planeja melhorias no atendimento do HPM com concurso público para médicos
05/12/2017 15:02
Clique na imagem para amplia-la. A expectativa é grande para a publicação do edital para os concursos públicos da Polícia Militar do Espírito Santo.

De acordo com o diretor de Recursos Humanos, coronel Altiere de Carlo Machado, a Instituição já está na fase de contratação da empresa responsável por realizar os processos seletivos, que disponibilizarão 20 vagas para oficiais médicos.

Dentre as vagas, foram definidos o quantitativo e as especialidades aos quais os profissionais da saúde irão concorrer. Serão ofertadas 03 vagas para Cardiologia, 01 para Dermatologia, 01 para Infectologia, 01 para Medicina do Trabalho, 01 para Medicina Física e Reabilitação, 01 para Neurologia, 03 para Oftalmologia, 03 para Ortopedia, 01 para Urologia e 05 para Psiquiatria.

Os médicos interessados em concorrer a uma das 20 vagas de oficiais da PMES devem possuir no máximo 35 anos no primeiro dia de inscrição para o concurso, comprovar a graduação por meio do registro em Conselho Regional de Medicina e possuir certificado de conclusão de Residência Médica Completa em Programa Credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica – CNRM na especialidade para a qual concorre ou Título de Especialista emitido pela Associação Médica Brasileira (AMB), na especialidade para a qual concorre.

Além disso, os candidatos devem ter a altura mínima, descobertos e descalços, de 1,65m, no caso dos homens, e 1,60m para as mulheres. Todos devem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para dirigir automóvel, no mínimo na categoria “B”.

Para concorrer ao posto de 1º tenente do Quadro de Oficiais Médicos, o candidato deve realizar, além das provas específicas, o Curso de Adaptação de Oficiais de Saúde (Cados), que terá no mínimo três meses de duração em regime de tempo integral e de dedicação exclusiva.

A remuneração do candidato durante o Cados corresponde ao subsídio do posto de 1º tenente, que é de R$ 6.971,84.

Durante a carreira, o oficial médico poderá chegar ao posto de major do quadro de oficiais médicos da PMES.

O comandante-geral da PMES, coronel Nylton Rodrigues, destacou que a realização do concurso público para oficiais médicos, juntamente com a contratação temporária de médicos psiquiatras, psicólogos e assistentes sociais, é fruto do esforço institucional junto ao Governo do Estado para que os policiais militares e seus dependentes contem com a ampliação da oferta de profissionais para a marcação de consultas e a melhoria no atendimento do HPM.

TAF

Além de se preparar para as provas teóricas, o médico que sonha seguir carreira na PMES deve também se preparar fisicamente. Isso porque uma das etapas do processo seletivo é o Teste de Aptidão Física (TAF).

Os interessados em se candidatar a uma das vagas terão pela frente exercícios físicos como abdominal remador, apoio de frente e corrida.

Para orientar os futuros candidatos a PMES disponibilizou os exercícios com o mínimo de repetições e o tempo máximo para sua execução:

Abdominal Remador

Masculino
Mínimo: 16 repetições
Tempo Máximo: 01 minuto

Feminino
Mínimo: 12 repetições
Tempo Máximo: 01 minuto

Apoio de Frente

Masculino
Mínimo: 09 repetições
Tempo Máximo: 01 minuto

Feminino
Mínimo: 02 repetições
Tempo Máximo: 01 minuto

Corrida
Masculino
2.800 metros
Tempo Máximo: 22 minutos

Feminino
2.400 metros
Tempo Máximo: 22 minutos




Informações à Imprensa:
Diretoria de Comunicação Social PMES
TENENTE CORONEL MARCELO CORREA MUNIZ
Tel 27 - 3636-8715 / 3636-8717
E-mail: secretaria.dcs@pm.es.gov.br

Subseção de Jornalismo PMES:
1º TENENTE ANTHONY MORAES COSTA
Tel 27 99625 1106 / 98823 8857
Av. Maruípe, 2111 - São Cristovão - CEP: 29.048-463 - Vitória - ES
©2011 Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - DTIC, direitos reservados.